• PT
  • EN

Redução do “LAG” nos games e IP Premium dirigido a provedores são apostadas da Rede Angola Cables

Usuários e gamers brasileiros podem se beneficiar com latências até 10% menores ao acessarem provedores internacionais. Este novo serviço identifica automaticamente as rotas mais favoráveis e otimiza as respostas aos comandos dos jogos

A Angola Cables anunciou o lançamento de “um produto inovador para o mercado de games, que vai melhorar significativamente a experiência dos jogadores brasileiros quando acessarem plataformas em qualquer lugar do planeta, como Sony, Xbox, RIOT, Valve, Tencent, Highwinds, Blizzard”, afirma a empresa em comunicado.

O IP_Gammer trata-se de um serviço cuja configuração de engenharia aponta diretamente para os maiores pontos de tráfego de gaming no mundo, selecionando automaticamente as melhores rotas entre os usuários e os provedores onde estão hospedados, seja para stream, upload e download dos games, explica António Nunes, CEO Global da Angola Cables. “Isto significa oferecer aos gamers de todo o Hemisfério Sul, a oportunidade de competir com melhor qualidade de ligação, ou seja, melhor ping, latência mais baixa, aumentando suas chances de sucesso contra jogadores de outras partes do mundo”.

Assim, afirma Nunes, o IP_Gamer permite ao provedor que confia sua internet à Angola Cables, se beneficiar de ligações estratégicas prioritárias e diretas (peering/PNI) para os principais servidores de gaming (gaming nodes) na Europa, na América do Norte e na Ásia, além de uma redução significativa de latência pela utilização da rede da Angola Cables, que para os usuários brasileiros será até 10% menor, além de uma conectividade com maior qualidade e eficiência de tráfego.

Nunes disse, ainda, que “este novo serviço resulta de muitas horas de pesquisa e desenvolvimento, um trabalho apurado de engenharia para garantir uma solução única, de baixa latência, robusta e segura, de forma a encontrar vantagens tanto para o Provedor  de Internet como para o Gamer, cujo resultado geral vai impulsionar ainda mais o mercado de games na região. Acreditamos também que este novo e inovador produto vai valorizar o mercado de Cloud Gaming, o acesso a máquinas virtuais e ainda estimular o crescimento dos e-Sports como oportunidades de renda para desenvolvedores brasileiros, influenciadores digitais e muitas outras empresas e entidades que compõem o ecossistema de jogos”.

O IP_Gamer da Angola Cables foi customizado por área geográfica, foram feitos testes de performance da rede, replicando a experiência dos usuários locais em seus jogos de maior preferência e destinos de jogo, para otimizar o nosso trabalho de reengenharia de roteamento alavancado também pela hiperconnectividade do nosso Data Center AngoNAP, explicou o executivo.

“Apesar de ser um produto corporativo, destinado aos ISPs (Provedores de Serviços de Internet), o objetivo da Angola Cables é apresentar esta opção de alto valor agregado para os usuários de jogos online, pois se trata de um serviço premium que nos diferencia dentro de um segmento que está se tornando commodity,” finalizou  António Nunes.

Mercado

O mercado de games movimentou, em todo o mundo, cerca de US$ 152.1 bilhões em 2019. Para este ano, a expectativa é chegar a um faturamento de US$ 159 bilhões em 2020, o que representa um crescimento e torno de +9,3% em relação ao ano anterior. Até 2023, estima-se que este mercado ultrapasse a cifra dos US$ 200 bilhões em receitas. Em todo o planeta, estima-se que 2,7 bilhões de pessoas sejam “gamers”, nas mais diversas categorias. A América Latina deve ter o segundo maior crescimento de Gaming no mundo, com +10,3%, e faturamento de US$ 6 bilhões, seguida pela África e Oriente Médio, que deverão registrar os maiores crescimentos do setor no ano, em +14,5%, e um faturamento de US$ 5,5 bilhões.