• PT
  • EN

Record TV escolhe Avid Graphics para estúdios com realidade aumentada e cenário virtual

Projeto foi realizado no Brasil pela CIS Group e conta com as plataformas em tempo real Avid Maestro e HDVG, aproveitando a integração com o Unreal Engine da Epic

CIS Group anunciou que a Record TV “após uma análise cuidadosa, escolheu a Avid Graphics para equipar seus maiores estúdios” porque no mercado audiovisual “a flexibilidade e a utilidade dos ambientes de produção de notícias e esportes são essenciais para envolver a narrativa. Cada vez mais emissoras veem as vantagens de projetos dinâmicos e tratáveis ​​de estúdio virtual e gráficos de realidade aumentada, que podem ser personalizados para enriquecer a história”.

O Unreal Engine da Epic é considerado “o padrão em plataformas de renderização de ponta para games. A Avid optou por fazer parceria com a Unreal, para que os estúdios virtuais e as produções baseadas em realidade aumentada possam se beneficiar com as renderizações de imagens realistas das experiências de realidade aumenta (RA), explicou à reportagem da Revista da SET, Felipe Andrade, diretor de Vendas da CIS Group para o Brasil.

Andrade afirmou que ao incorporar o Unreal Engine em seu fluxo de trabalho em estúdio, “a Record TV enriqueceu seus gráficos com opções dinâmicas de sombra, reflexões, iluminação e muito mais, para os já poderosos recursos gráficos do set virtual da plataforma Maestro. O resultado é um realismo impressionante, estabelecendo um verdadeiro diferenciador para notícias e produções esportivas no Brasil”.

O projeto contemplou dos dois maiores estúdios da emissora – Estúdio I e o E – da Barra Funda, na capital paulista, fazendo que o sistema esteja dividido em dois e ainda contemple o departamento de Grafismo da emissora.

No Estúdio I conta com um sistema de cenário virtual e RA com 4 HDVG4 para 4 câmeras integradas aos sistemas de rastreamento (tracking) de NCAM. Cada um dos quatro HDVG possui renderização dupla, renderização da Avid e renderização do Unreal Engine. Isso permite projetar gráficos com informações em tempo real (na renderização Avid) e combiná-los com ambientes 3D virtuais gerados no Unreal Engine. Ambos os renderizadores recebem as informações de tracking do NCAM e são controlados pelo mesmo aplicativo de controle que pode ser o Maestro News, o Maestro Live ou o TX (também conhecido como 3DPlay). Tanto na renderização Unreal quanto na Avid é possível mostrar informações atualizadas em tempo real, bem como sinais de vídeo SDI (através das seis (6) entradas HD-SDI que cada uma das renderizações possui) ou videoclipes em formato Quicktime, MXF, AVI, MP4 etc. em qualquer um dos objetos que fazem parte do cenário virtual.

Além do sistema de cenografia virtual, também foi instalado um HDVG4 que permite gerar gráficos em tempo real em HD ou UHD e, também, gerar até 12 saídas para alimentar videowalls no estúdio. Este sistema, também, é controlado pela plataforma Maestro News e está integrado ao sistema de notícias ENPS, que permite o carregamento de informações gráficas (tanto para ir ao ar em HD ou UHD quanto para video walls) pelos mesmos produtores ou jornalistas.

Ainda foi instalado um Maestro Engine com o novo hardware que a Avid introduzido pela empresa há alguns meses. Essa plataforma Maestro é usada para gerar gráficos interativos em tempo real que podem ser controlados através de telas touch no estúdio ou através de iPads usados ​​pelos jornalistas ou apresentadores.

No Estúdio E foi instado um sistema de cenário virtual e RA com dois (2) HDVG4 para 2 câmeras integradas aos sistemas de tracking NCAM semelhantes ao instalado no Estúdio I. Ele também possui dois (2) HDVG4 instalados que permitem gerar gráficos em tempo real em HD ou UHD e, também, geram até 12 saídas cada para alimentar as videowalls do estúdio. Também existem três (3) Maestro Engines usados ​​para gráficos “clássicos” no ar e para gráficos interativos com telas sensíveis ao toque ou iPads.

Departamento de grafismo

No departamento foi instalado um HDVG4 que permite montar e testar os gráficos feitos em HD ou UHD e para videowalls. Ainda, um Master Engine para a montagem e teste dos gráficos interativos.

A CIS Group entregou, ainda, 10 licenças do Maestro Designer, “uma ferramenta para a criação de gráficos para Realidade Aumentada e gráficos “no ar”, interativos e de parede de vídeo. Seis (6) licenças para o plugin Avid no Unreal Editor, para montagem de conjuntos virtuais e realidade aumentada. Duas (2) licenças do Maestro News para montagem e teste de modelos. Duas (2) licenças do Maestro TX / Live. Três (3) licenças mestras para o After Effects, que permitem criar gráficos no Adobe After Effects e renderizá-los em tempo real. E, 30 licenças flutuantes do Maestro NLE, que permitem usar os mesmos gráficos usados ​​nos estúdios na edição de vídeo no Adobe Premiere; com . 30 licenças flutuantes do Maestro News que permitem que as informações sejam carregadas em gráficos no ENPS”, finalizou Andrade.

 

Por Fernando Moura, em São Paulo