• PT
  • EN

SET e Trinta Webinar Series: as tecnologias retrocompatíveis para a evolução da TV Digital no Brasil

O SET e Trinta Webinar Series começou na segunda-feira, dia 6, com um excelente público, muito acima das expectativas da SET.

“Estamos muitos satisfeitos com os resultados desse primeiro encontro “, informou Olímpio José Franco, diretor geral da SET. “A recepção não poderia ser melhor”.

Pesquisa de avaliação entre os participantes mostrou uma alta aceitação tanto do conteúdo, quanto do novo formato. “O público que assistiu ao webinar reconhece, em sua totalidade, a importância deste tipo de iniciativa que a SET está realizando”, informou Franco.

TV 2.5

O primeiro webinar da série abordou como as tecnologias HDR, áudio imersivo e DTV Play contribuíram para a evolução do modelo brasileiro de televisão digital.

O moderador do webinar foi Luiz Fausto de Souza Brito, coordenador do módulo técnico do Fórum SBTVD. Ele iniciou as atividades mostrando uma linha do tempo da evolução tecnológica das TV’s no Brasil.

Créditos da Imagem: Luiz Fausto de Souza Brito

Marcelo Moreno, docente do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Juiz de Fora, iniciou as palestras falando como as mudanças nos hábitos de consumir das pessoas estão ligadas à proliferação a dispositivos móveis e a TV conectada, faz com que o telespectador hoje divida seu tempo entre a tela da TV e a tela do dispositivo móvel.

Além disso, a TV é usada como interface para acessar outros serviços de vídeo, como o streaming. Por isso, de acordo com Moreno, uma integração mais profunda entre Radiodifusão e banda larga era necessária.

Para atingir esta integração, o middleware Ginga sofreu uma atualização e passou a ser chamado de DTV Play.

Como exemplo de estudo de caso, Moreno mostrou um Target Advertisement em que é possível adaptar e personalizar propagandas de acordo com os hábitos de consumo de quem assiste.

HDR

Alan Stein, vice-presidente de tecnologia da Interdigital, falou sobre a tecnologia High Dynamic Range (HDR).

Stein abordou algumas características que o HDR permite aos radiodifusores, como preservação de detalhes em áreas claras e escuras. Ele também falou entre as diferenças do Static HDR e o Dynamic HDR. Por exemplo, o processo do Dynamic HDR aplica metadados a cada cena, fornecendo uma qualidade de imagem mais otimizada em comparação com o Static HDR.

Áudio Imersivo

Para finalizar o webinar, Adrian Murtaza, Gerente Sênior de Tecnologia e Padrões da Fraunhofer, falou sobre MPEG-H Audio, tecnologia de áudio imersivo que permite acessibilidade, selecionar sua própria versão do áudio, bem como personalização, adaptação para a situação ou preferência do usuário.

“O telespectador se torna parte da audiência”, afirmou Murtaza.

Do ponto de vista do radiodifusor, o MPEG-H Audio permite interatividade avançada do usuário e garante que a emissora ou o criador do conteúdo esteja sempre no controle dos produtos que são oferecidos aos usuários.

Confira a programação dos próximos webinars da série e participe. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas aqui: https://set.org.br/set-e-trinta-webinar-series/