• PT
  • EN

SET e Trinta Webinar Series

TECHNOLOGY DRIVING BUSINESS

Instruções

Instruções de Participação

Leia as instruções a seguir para melhor aproveitar o webinar:

Ler instruções

Idioma

A SET oferece tradução simultânea (português/inglês e inglês/português), no formato de legendas, das falas dos palestrantes.

Plataforma

Zoom

 

A SET está seguindo todos os protocolos e atualizações do Zoom para garantir segurança e privacidade.
Esclarecimentos sobre o uso do Zoom em webinars da SET

Certificados

Para receber o certificado, você deverá assistir a todos os webinars.

Perdeu o webinar?

PROGRAMAÇÃO

Programação em construção e sujeita a alterações.

  Todos os webinars acontecerão às 14h, horário de Brasília.

6 de Abril de 2020 - Segunda-Feira

Horário Palestra
14h
Painel

TV 2.5: HDR, áudio imersivo e DTV Play no ISDB-Tb

A chamada “TV 2.5” é a atualização tecnológica da TV Digital no Brasil, mantendo a compatibilidade com os receptores existentes. O Fórum SBTVD concluiu a padronização de novas tecnologias que vão permitir a melhoria de qualidade de áudio e vídeo do sinal do ar, através do HDR e do áudio imersivo e personalizável, e a integração com novos serviços personalizáveis via internet (conteúdo direcionado, UHD, on-demand e integração com dispositivos de segunda tela), através do DTV Play. Venha conhecer mais de perto essas mudanças que vão transformar a experiência do telespectador e os modelos de negócio do setor.

  • Moderador: Luiz Fausto de Souza Brito, Coordenador do Módulo Técnico – Fórum SBTVD

    Possui mestrado profissional em computação aplicada pela UECE (2015), MBA Executivo em Tecnologia da Informação pela UFRJ (2011), curso de extensão em Redes de Vídeo sobre IP pela UFRJ (2009) e graduação em Engenharia Elétrica com ênfase em Eletrônica pela UFRJ/USU (2005). Atualmente é Especialista em Estratégia e Regulatório da Rede Globo , Coordenador do Módulo Técnico do Forum SBTVD, membro da Delegação do Brasil no ITU-R (SG 6) e na CITEL (CCP.II), membro do Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (GIRED), membro do Grupo de Trabalho de Harmonização do Fórum ISDB-T Internacional.

  • Technicolor SL-HDR1: Uma solução para TV 2.5 do Brasil compatível com as versões anteriores

    O Fórum SBTVD (Sistema Brasileiro de Televisão Digital) escolheu o SL-HDR1 da Technicolor como a solução HDR dinâmica única para o padrão de televisão digital do Brasil: TV 2.5. O SL-HDR1 da Technicolor permite que as operadoras de TV brasileiras continuem a transmitir vídeo MPEG-AVC/H.264, como fazem atualmente, acrescentando apoio para que o HDR consiga funcionar em conjunto (backward-compatible).
    Ler +

    Alan J. Stein, Vice-Presidente, Tecnologia – InterDigital

    Alan J. Stein comanda a equipe de Padrões e Estratégia de Negócios da InterDigital, onde é gestor de uma equipe global de especialistas em tecnologia que participam dos principais órgãos de padrões de vídeo, bem como em importantes fóruns setoriais. Stein é conselheiro da UHD Alliance, membro da CTA Video Board e, desde 2013, presidente dos grupos TG3/S34-1 e S41 da ATSC, grupo de padronização da tecnologia de vídeo para o ATSC 3.0. Ele possui 16 patentes homologados na área de vídeo digital, além de ser presidente atual do grupo PT-6 da ATSC sobre a Internacionalização do ATSC 3.0.

    Stein passou a primeira década de sua carreira, de mais de 30 anos, trabalhando como membro do corpo de pesquisadores do MIT Lincoln Laboratory. Trabalhou durante muitos anos com sistemas de processamento em tempo real de sinais e imagens para sistemas de radar a laser, um componente chave da Strategic Defense Initiative, bem como em radares meteorológicos para detecção de ventos cruzados atualmente instalados em mais de 100 aeroportos nos EUA. Suas importantes contribuições ao MIT/LL são reconhecidas no livro, “Lincoln Laboratory: Technology in Support of National Security”.

    Após deixar o MIT, Stein se juntou à Ariel Corporation, startup DSP localizada em Nova Jersey, como o principal arquiteto de softwares. Ele escreveu software, firmware e ferramentas de desenvolvimento para hardwares de computação de DSP paralelo de alta densidade, bem como para produtos iniciais de DSL CPE. Foi o principal perito técnico que ajudou a Ariel a crescer de um startup de 25 pessoas, para uma sociedade anônima com mais de 150 pessoas em menos de três anos.Após deixar a Ariel, abriu um grupo de consultoria em software, na região de Princeton, o que o levou à área de vídeo, pois entre seus clientes ele tinha a Sarnoff, a NEC Research Institute e a Bell Labs. Ele e sua equipe trabalhavam em sistemas de visão, marca d’água para vídeo, codecs de vídeo e mídia de streaming.

    Juntou-se à Thomson Multimedia Princeton Research Center em 2002, chefiando uma equipe que criou um software para implementação do codec de vídeo H.264/AVC, então em evolução, que foi integrado em muitos produtos da Thomson: decodificadores para IPTV, ferramentas de editoração profissional da Grass Valley, codificadores de vídeo para transmissões ao vivo, sistemas de autoria DVD/Blu-Ray e muito mais.
    Stein teve uma carreira de 17 anos na Thomson/Technicolor, trabalhando no desenvolvimento de software, gestão de R&D, desenvolvimento organizacional, aperfeiçoamento de processos, e estratégia em tecnologias e padrões nos espaços de distribuição de vídeo e do consumidor. Ele foi nomeado Fellow da Technicolor em 2015.

  • Aprimoramento da TV Digital Brasileira (TV 2.5) com som imersivo e personalizado MPEG-H

    O MPEG-H Audio é o sistema NGA (Next Generation Audio) desenvolvido pela MPEG que visa oferecer som personalizado e envolvente. Adaptado para aplicativos de transmissão e streaming, ele permite que os espectadores ajustem o mix de som de acordo com suas preferências, enquanto seu suporte a áudio envolvente melhora o nível de realismo da experiência auditiva. Com um rico conjunto de metadados, novos conceitos de volume e DRC, além de recursos ativos de downmix e renderização, o MPEG-H Audio garante uma reprodução ideal em uma ampla variedade de dispositivos em qualquer ambiente.

    Ler +

    Adrian Murtaza, Gerente Sênior de Tecnologia e Padrões – Fraunhofer IIS

    Adrian Murtaza atua como Gerente Sênior de Padrões do Fraunhofer IIS, um dos mais importantes institutos de pesquisa aplicada em TI da Europa. Seu foco são os padrões DVB, ATSC, CTA, HbbTV e SCTE, para os quais é coautor de várias especificações. Em 2013, ele ingressou na MPEG e, desde então, tem contribuído para o desenvolvimento de vários padrões técnicos de áudio. Mais recentemente, se concentrou na especificação de entrega e transporte de áudio de próxima geração em sistemas ATSC 3.0 e sistemas DVB ou ISDB-T baseados em MPEG-2 Transport Stream, bem como na habilitação de serviços de áudio MPEG-H em diferentes ecossistemas de transmissão e streaming. Com um forte interesse em soluções de mídia VR / AR, ele está envolvido ativamente nos esforços de MPEG-I visando futuras aplicações imersivas.

  • TV 2.5: Evolução do Middleware

    Em meio às mudanças nos hábitos de consumo de conteúdo televisivo, tivemos a oportunidade de identificar casos de uso que, em comum, demandavam um aprofundamento da integração entre radiodifusão e banda larga. A evolução do middleware Ginga foi essencial para concretizar tais funcionalidades e, ainda, de forma retrocompativel. Essa palestra apresentará os principais aspectos dessa evolução, que culminou na especificação do Ginga para receptores de perfil D, também conhecido como DTV Play.

    Prof. Marcelo Moreno, DSc. – Departamento de Ciência da Computação (DCC/ICE) Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

    Marcelo F. Moreno é Professor Associado na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), onde é membro permanente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação. Possui Mestrado e Doutorado em Informática pela PUC-Rio. Exerce papéis de liderança junto à União Internacional de Telecomunicações (UIT), incluindo a relatoria da Questão 13/16 da UIT-T (Multimedia application platforms and end systems for IPTV), a co-presidência do IRG-IBB (Intersector Group on Integrated Broadcast-Broadband), a vice-presidência da Comissão de Estudos 16 da UIT-T (SG16 – Multimedia) e a editoria de várias Recomendações e artigos técnicos da UIT-T. É também coordenador do GT de Middleware do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital (SBTVD). Possui um sólido histórico de publicações e palestras em eventos tanto da Academia, quanto da Indústria.

9 de Abril de 2020 - Quinta-Feira

Horário Palestra
14h
Painel

Impulsionando seus negócios com o Segmento Satelital

  • Moderador: Fernando Ferreira, Coordenador do Comitê de Mercado e Relacionamento – SET

    Formou-se em engenharia eletrônica com ênfase em Telecomunicações em Porto Alegre, pósgraduou- se na Kellogg School of Management, Northwestern University, em Evanston, em Chicago. Participou do Conselho Deliberativo do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre no setor de Radiodifusão. Liderou a implantação das emissoras de TV Digital de Porto Alegre e Florianópolis e outras emissoras no RS e SC.

  • Jurandir Pitsch, Vice Presidente de Vendas – SES

    Jurandir Pitsch é engenheiro eletronico com graduação e pós graduação pela Unicamp. Trabalhou no CPqD da Telebrás como pesquisador da área de satélites por 11 anos. Posteriormente trabalhou na Comsat Brasil em diversas posições nas áreas de engenharia, operações, marketing de produto e vendas. Desde 2003 está na SES na área de vendas e desenvolvimento de negócios. Atualmente é Vice Presidente Comercial da área de vídeo para a América Latina.

  • Impulsionando a Radiodifusão com a Quarta Geração de Satélites Brasileiros

    O Star One D2 será lançado e entrará em operação no segundo semestre com maior potência e mais capacidade de transmissão. Dois grandes destaques deste satélite são as plataformas de banda C e de banda Ka.

    A banda C chegará muito mais forte às parabólicas, com até 6 dB a mais em grande parte do País. O objetivo é viabilizar a distribuição regional em HD via satélite direto ao consumidor, impulsionando a audiência local, num momento em que as programações regional e segmentada ganham relevância.

    A banda Ka trará mais mobilidade e segurança à contribuição jornalística, atuando de forma complementar aos mochilinks, porém com maior qualidade e garantia de banda.

    Guilherme Saraiva, Diretor de Vendas – Embratel

    Guilherme Saraiva, Diretor de Vendas Mídia, Segmento Espacial e Negócios Internacionais, comanda o time de vendas da Embratel nas áreas de Mídia e Segmento Espacial no Brasil, bem como na América Latina.

    Formado em Engenharia de Telecomunicações-IME, possui MBA nas áreas de Marketing e Finanças pela FGV e está cursando BI e Inteligência Artificial pela PUC.

    Além das credenciais de formação, possui carreira construída ao longo de 30 anos nas áreas de telecomunicações e mídia, com atuação em empresas de grande porte do setor, como Telecine, Globosat e British Telecom/ Comsat/ NET/ Vicom.

13 de Abril de 2020 - Segunda-Feira

Horário Palestra
14h
Painel

2020: o ano da ascensão do OTT inteligente

Os serviços de OTT video streaming estão trazendo oportunidades de negócios para todo o ecossistema de mídia e entretenimento audiovisual.
Porém, a oferta de um serviço OTT, devido às suas características inovadoras e disruptivas, vai além da disponibilidade de um catálogo de filmes e programas de TV na internet.
Ele precisa ser guiado por um sólido planejamento estratégico, que identifique toda a infraestrutura tecnológica e os modelos de negócios necessários para o seu sucesso.
O ano de 2020 está se movimentando para assistirmos a uma acirrada disputa pela audiência. Nesse cenário, o uso de plataformas profissionais que oferecem ferramentas de analytics, business intelligence e machine learning, serão fundamentais para entregar uma experiência mais personalizada, engajando o usuário e garantindo melhores receitas.
Esse Painel trará contribuições sobre temas estratégicos para quem já percebeu que o futuro da televisão caminha junto com o do OTT.

  • Moderador: Salustiano Fagundes, Membro do Conselho Deliberativo – SET

    Empreendedor na área de inovação tecnológica, sócio-fundador da HIRIX Engenharia de Software e da HXD Smart Solutions, empresa que desde 2007 vem “pensando e fazendo a nova televisão no Brasil”. É membro do Conselho Deliberativo da SET. É pesquisador convidado do CITI (Centro Integrado de Tecnologias Interativas) e do LabArteMidia-Laboratório de Arte, Mídia e Tecnologias Digitais, ambos da Universidade de São Paulo (USP); e Embaixador da Campus Party, organização que reúne uma comunidade mundial de desenvolvedores e makers com a missão de “construir um novo código-fonte para o mundo”.

  • Transformação de redes para aproveitar tecnologias do futuro

    A distribuição de conteúdo está evoluindo, e continuará a evoluir com velocidade capacidade cada vez crescente em domicílio, sem falar que a banda larga móvel também está facilitando novos hábitos de consumo. Este painel discutirá como as tecnologias de rede estão permitindo novos modelos de negócios, e entregando novas necessidades de clientes.

    Fabio Souza, Marketing e Soluções – Synamedia LatAm

    O Fabio é executivo de tecnologia e empreendedor, somando 20 anos de experiência em startups, consultoria, média, provedoras de serviços e companhias de tecnologia. Na Synamedia desde outubro de 2018, ele é responsável pela estratégia na LatAm, programas de marketing, produtos e parcerias. Atualmente morando Sao Paulo, e com dois filhos para mantê-lo ocupado, o Fabio está apaixonado pela natureza, crianças, esportes aquáticos, música e ciclismo.

  • Desafios na implantação de sistemas OTT

    Jurandir Pitsch, Vice Presidente de Vendas – SES

    Jurandir Pitsch é engenheiro eletronico com graduação e pós graduação pela Unicamp. Trabalhou no CPqD da Telebrás como pesquisador da área de satélites por 11 anos. Posteriormente trabalhou na Comsat Brasil em diversas posições nas áreas de engenharia, operações, marketing de produto e vendas. Desde 2003 está na SES na área de vendas e desenvolvimento de negócios. Atualmente é Vice Presidente Comercial da área de vídeo para a América Latina.Jurandir Pitsch – Vice Presidente de Vendas – SES

  • Tendências Tecnológicas em Vídeo em 2020

    2019 foi um ano atraente para a indústria de streaming de vídeo. Com o lançamento de muitos serviços OTT premium, os avanços nas tecnologias de mídia subjacentes e o maior envolvimento dos espectadores, agora é o momento perfeito para refletir sobre o que foi realizado em 2019 e discutir para onde a indústria está indo na nova década.
    Este seminário on-line (webinar) destacará os desenvolvimentos de vídeo mais importantes vistos em 2019 (conforme relatado por desenvolvedores qualificados, refletidos em nossa pesquisa de desenvolvedores) e como a Bitmovin conseguiu produzir e capitalizar os recursos mais adequados para atender às demandas variáveis do mercado. Junte-se a nossos especialistas e explore o que a indústria e a Bitmovin fizeram para:
    • Aumentar a velocidade ao mercado
    • Aumentar a qualidade da experiência do espectador
    • Otimizar economias de custos e a mitigação de riscos

    Chris Mueller, Diretor de Tecnologia (CTO) – Bitmovin

    Christopher Mueller é Diretor de Tecnologia (CTO) e um dos fundadores da Bitmovin. Ele lidera a visão tecnológica de longo prazo da Bitmovin e é responsável por supervisionar o desenvolvimento de produtos, a liderança de pensamento da indústria e as incubações de tecnologias avançadas.
    Ele fundou a Bitmovin a partir de pesquisa e padronização em torno do formato de streaming MPEG, co-criando o padrão MPEG-DASH, que responde por mais de 50% do tráfego da Internet nos EUA hoje e é usado pelo Netflix, Youtube, Hulu e outros. Bitmovin é uma startup do YCombinator apoiada pelo Atomico (liderado pelo fundador do Skype), além de líderes do setor, como o ex-vice-presidente de engenharia da Netflix, o ex-CTO da Cisco, o fundador do Unity3D entre outros.

  • Nadine Kerfatz – OTT Management Consulting & Founder Reality Software

    Nadine é expert em modelos de negócios e tecnologias para OTT. Auxilia as empresas de mídia e tecnologia a conquistar novos clientes com tudo aquilo que é necessário para construir a próxima geração de experiência de TV: tecnologia, negócios e design. Ela tem uma longa experiência em gerenciar projetos, definir estratégias e escreve sobre inovação para a revista Streaming Media Magazine.

16 de Abril de 2020 - Quinta-Feira

Horário Palestra
14h
Painel

2020: o ano da ascensão do OTT inteligente

Os serviços de OTT video streaming estão trazendo oportunidades de negócios para todo o ecossistema de mídia e entretenimento audiovisual.
Porém, a oferta de um serviço OTT, devido às suas características inovadoras e disruptivas, vai além da disponibilidade de um catálogo de filmes e programas de TV na internet.
Ele precisa ser guiado por um sólido planejamento estratégico, que identifique toda a infraestrutura tecnológica e os modelos de negócios necessários para o seu sucesso.
O ano de 2020 está se movimentando para assistirmos a uma acirrada disputa pela audiência. Nesse cenário, o uso de plataformas profissionais que oferecem ferramentas de analytics, business intelligence e machine learning, serão fundamentais para entregar uma experiência mais personalizada, engajando o usuário e garantindo melhores receitas.
Esse Painel trará contribuições sobre temas estratégicos para quem já percebeu que o futuro da televisão caminha junto com o do OTT.

  • Moderador: Salustiano Fagundes, Membro do Conselho Deliberativo – SET

    Empreendedor na área de inovação tecnológica, sócio-fundador da HIRIX Engenharia de Software e da HXD Smart Solutions, empresa que desde 2007 vem “pensando e fazendo a nova televisão no Brasil”. É membro do Conselho Deliberativo da SET. É pesquisador convidado do CITI (Centro Integrado de Tecnologias Interativas) e do LabArteMidia-Laboratório de Arte, Mídia e Tecnologias Digitais, ambos da Universidade de São Paulo (USP); e Embaixador da Campus Party, organização que reúne uma comunidade mundial de desenvolvedores e makers com a missão de “construir um novo código-fonte para o mundo”.

  • Toda organização deve se posicionar no campo de batalha do streaming de mídia! Como devem pensar sobre sua estratégia de vídeo digital?

    Definindo Estratégia de distribuição de Conteúdo de Vídeo : onde distribuir, como distribuir, para quem distribuir e como monetizar.
    Gerenciando e Distribuindo Conteúdo de Vídeo – definindo a infraestrutura de vídeo : com o advento do cord-cutting, poderosos dispositivos móveis e de TV e largura de banda praticamente ilimitada, a distribuição de vídeo tornou-se complexa e fragmentada.

    Mónia Gomes, presidente-executiva – MOG Technologies Ltd. no Brasil

    Mónia Gomes é uma mulher de negócios, empreendedora e presidente-executiva de duas empresas, a MOG Technologies Ltd. no Brasil e a Marketing Minds Lda. em Portugal. É líder de desenvolvimento de negócios LATAM na MOG Technologies, uma empresa que desenvolve tecnologias end-to-end para Mídias Profissionais . Gomes nasceu em Maputo, Moçambique e depois de se mudar para Portugal, no início da adolescência, sempre se sentiu atraída por climas mais quentes, com uma conexão especial com a América Latina. Com uma carreira focada no estabelecimento de novos mercados e no desenvolvimento de negócios para empresas de tecnologia e inovação, Gomes gerou mais de 35 milhões de receita principalmente na América do Sul, Europa e África, para empresas como Ambidata, OpenSoft, WeTek e MOG Technologies.

  • Melhores práticas para OTT

    Com base na experiência de mais de 100 clientes em todo o mundo, será apresentado as informações dos serviços de OTT em TV mais bem-sucedidos.

    Hubert Legrix, Diretor de vendas – Broadpeak

    Hubert Legrix tem mais de 20 anos de experiência em vendas, marketing de produtos e engenharia no setor de telecomunicações. Antes de ingressar na Broadpeak, Legrix atuou como diretor de vendas para a América Latina na Witbe e anteriormente diretor de vendas na Technicolor.

23 de Abril de 2020 - Quinta-Feira

Horário Palestra
14h
Painel

Desafios do Setor

São muitos os desafios das empresas de radiodifusão no atual momento de transformação da indústria que extrapolam o ambiente tecnológico e incluem hábitos de consumo, regulação, métricas e anunciantes, impactando drasticamente todos os elementos da cadeia de valor que sustentam o atual modelo de negócio.  A relevância do conteúdo não muda, mas os modelos de monetização em torno do conteúdo se transformam profundamente e empresas tradicionais ao redor do mundo saem do modelo tradicional de relação B2B com os provedores, agências de publicidade e operadoras de TV paga para uma relação na qual passam a oferecer os seus conteúdos diretamente ao consumidor final, expandindo e diversificando os modelos D2C.

O painel apresentará caminhos para que as empresas de mídias tradicionais enfrentem os desafios dessa transformação: Como os inventários de publicidade podem ser transacionados em todas as plataformas utilizando métricas e modelos próprios da economia digital? Como se estabelecer parcerias na solução dos negócios dos seus anunciantes?  Como conhecer cada vez mais o público que consome os conteúdos? Os palestrantes convidados compartilharão uma visão atualizada do tema na perspectiva da NAB, IBC, IABM e ATSC.

  • Moderador: Raymundo Barros, CTO – Globo

    Como CTO da Globo, Raymundo Barros é responsável por supervisionar a engenharia de transmissão, TI corporativa e produtos digitais. Ele coordenou grandes iniciativas tecnológicas, como a transição para a TV digital, a criação e distribuição de conteúdo 4K, 4K HDR e 8K, além do lançamento do Globoplay, serviço de streaming da Globo. Barros também atuou como gerente de engenharia em estação regional, diretor de engenharia da Globo São Paulo e diretor de engenharia de entretenimento, onde liderou projetos de telenovelas, séries e programas de variedades

  • Mercado de tecnologia de transmissão e mídia – Mudanças globais, implicações práticas

    A apresentação aborda as tendências globais do setor de tecnologia de transmissão e mídia, o cenário competitivo e as principais partes interessadas que impulsionam tais tendências. Além disso, serão apresentados resultados da pesquisa IABM mais recente sobre Tendências de Compra para descrever como os usuários finais da tecnologia estão respondendo à nova situação do mercado em termos de investimento em conteúdo e tecnologia, R&D, adoção de novas tecnologias emergentes etc.

     

     

    Riikka Koponen, Analista Principal – IABM

    Riika é formada na Helsinki School of Economics, principal escola de negócios e economia da Finlândia. Ela também estudou língua e literatura chinesa pela Universidade de Fudan, em Xangai, além de ser fluente em finlandês, inglês, francês e mandarim. Desde a graduação, Riika trabalha como analista de mercado, atuando como chefe de pesquisa em um serviço líder de consultoria de negócios em Xangai, e mais recentemente, como gerente de inteligência de negócios da B Medical Systems em Luxemburgo

  • Aprendendo a viver com mudanças

    Qualquer um que gerencia tecnologia na área de mídia e entretenimento está lidando com inúmeras mudanças além das questões técnicas, tais como regulação e padronização, concorrência, novas habilidades, competências e fatores macroeconômicos.
    Liderar uma organização estável neste contexto é um desafio. A apresentação abordará alguns destes fatores de mudanças sob a perspectiva do Conselho do IBC.

     

    Naomi Climer, Presidente do Conselho – IBC

    Naomi Climer é engenheira e líder. Sua carreira foi construída dentro da indústria de radiodifusão e comunicação, incluindo cargos de liderança em tecnologia na BBC, ITV e Sony, tanto na Europa quanto nos EUA. Agora, ela realiza várias tarefas no Conselho do IBC e concentra-se no papel que a tecnologia desempenhará no futuro, defendendo-a como uma força para mudanças positivas.
    Atualmente, é a Presidente do Conselho do International Broadcasting Convention (IBC), co-presidente do Institute for the Future of Work, Diretora do Sony UK Technology Centre, da Focusrite e da Oxford Metrics (não executiva). Ela é ex-presidente do Institution of Engineering and Technology (IET) e vice-presidente da Royal Academy of Engineering. Também atua no UK Government’s Science and Technology Awards Committee e no 1851 Royal Commission’s Industry and Engineering Committee.
    Em 2018, durante as celebrações pelo aniversário da rainha, foi condecorada como Commander of the Order of the British Empire (CBE) por seus serviços prestados à profissão de engenharia.
  • Evolução inteligente para broadcasters

    Como as empresas de radiodifusão podem acompanhar as mudanças nos hábitos de consumo da população e nos avanços da tecnologia? A palestra mostrará as forças de mercado que podem desafiar ou inspirar adoção de novas tecnologias na transmissão terrestre.

     

    Madeleine Noland, Presidente – ATSC

    Madeleine Noland é presidente do Advanced Television Systems Committee Inc. Ela chefiou o grupo de tecnologia ATSC que supervisiona o padrão de transmissão de última geração, o ATSC 3.0, antes de ser nomeada presidente da ATSC em maio de 2019. Anteriormente, ela coordenou vários grupos de especialistas relacionados ao ATSC 3.0, grupos ad hoc e equipes de implementação desde 2012.
    Com 15 anos de experiência na indústria, Noland ocupou cargos importantes de gerenciamento de tecnologia e padrões na Backchannelmedia Inc., Telvue Corp. e LG Electronics. Ela recebeu o prêmio “Mulheres futuristas” em tecnologia da TV NewsCheck em 2019 e foi nomeada uma das mulheres poderosas em tecnologia de consumo de 2018 pela revista Dealerscope. Em 2016, ela recebeu a mais alta honra técnica da ATSC, o Bernard J. Lechner Outstanding Contributor Award. Nolan se formou na Universidade de Massachusetts.

  • Sam Matheny, Vice-Presidente Executivo e Diretor de Tecnologia – NAB

    Sam Matheny é Vice-Presidente Executivo e Diretor de Tecnologia da National Association of Broadcasters.  Com mais de 25 anos de experiência nas indústrias de transmissão e redes de dados, incluindo ganhar uma patente para inventar tecnologias de DTV móveis e interativas, liderando a equipe de tecnologia da NAB em seus esforços para promover a inovação e impulsionar a tecnologia de transmissão para o futuro.  Ele também é o líder geral para PILOT, anteriormente NAB Labs, bem como os Comitês de TV, Rádio e Tecnologia Digital da NAB.
    Matheny é membro da Academia de Pioneiros de Televisão Digital, e serve no conselho de governadores para a Aliança Nacional de Segurança Wireless.  Ele tem atuado como consultor para várias empresas de tecnologia e startup, estando atualmente envolvido com a Reveal Mobile, uma empresa de tecnologia de publicidade baseada em localização, e a Haystack TV, um canal de notícias OTT personalizado.  Ele já atuou no FCC Communications Security, Reliability and Interoperability Council (CSRIC), Federal Emergency Management Agency’s (FEMA) Integrated Public Alert Warning System Network Advisory Council (IPAWS NAC) e no conselho de administração do Advanced Television Systems Committee (ATSC), onde foi presidente do grupo de especialistas sobre a próxima geração de televisão digital.
    Antes de ingressar na NAB, atuou como Vice-Presidente de Política e Inovação para a Capitol Broadcasting Company, onde ele se concentrou em aplicativos de mídia estratégica, entrega de conteúdo móvel sem fio, smart TV, e ajudou a garantir várias patentes para a distribuição de transmissão na Internet.  Ele também ocupou cargos de gestão em empresas de desenvolvimento móvel, de televisão via satélite e digital, de desenvolvimento web e de vídeo interativo.
    Matheny tem Bacharel em Ciências em Comunicações pela East Carolina University, Mestrado em Ciência na Gestão de Tecnologia, pela North Carolina State University, e um certificado em inteligência artificial e estratégia de negócio pelo Massachusetts Institute of Technology.  Em 2007, ele foi nomeado American Marshall Memorial Fellow.

27 de Abril de 2020 - Segunda-Feira

Horário Palestra
14h
Painel

PRODUÇÃO COM QUALIDADE – EFICIÊNCIA, AGILIDADE x CUSTO/BENEFÍCIO

Os seguimentos da produção de conteúdo de jornalismo, entretenimento, esportes e dramaturgia, sempre estiveram em busca da melhor eficiência com os menores custos. Essa busca é constante em virtude dos surgimentos de novas tecnologias e novos modelos de produção. O mundo acaba de ser impactado por uma pandemia que está mudando o curso da história recente, o que nos obrigou a buscar essas soluções ainda de maneira mais rápida e eficaz. Por exemplo, estamos diante de um novo fenômeno que envolve todas as plataformas de divulgação e comunicação: as lives. Como responder de maneira rápida e pontual às necessidades dos nossos públicos?

A SET reagiu de maneira rápida, nos propondo trazer esse debate para o presente, usando o formato de um webinar para ajudar a responder ou buscar caminhos para essa nova realidade.

  • Moderador: Raimundo Lima, Membro do Conselho Deliberativo – SET e Diretor de Tecnologia e Operações – SBT

    Em atividades na televisão aberta desde os anos 80, com passagens pelas principais emissoras do país: ESPORTE INTERATIVO/RJ – Diretor de Produção; TV CULTURA / SP – Diretor de Operações; BAND/SP – Chefe de Produção de Jornalismo, Diretor de Produção e Diretor de Operações e Tecnologia; GLOBO INTERNACIONAL / NEW YORK – Editor e Produtor; DIÁRIOS ASSOCIADOS / MANCHETE – Diretor de Programas Formação: UFF – Universidade Federal Fluminense; PUC/SP – Pontifícia Universidade Católica; SONY Institute of Video Technology – USA; UnB – Universidade de Brasília. Atualmente, é membro do Conselho Deliberativo da SET e Diretor de Tecnologia e Operações do SBT.

  • Novos desenvolvimentos no “SR Live” para HDR Live Productions

    A apresentação discutirá os mais recentes desenvolvimentos e fluxos de trabalho para o uso de tecnologias e produtos HDR em sistemas de produção ao vivo. Em particular, a introdução do novo pacote ‘SR Live Metadata’ da Sony, que captura os ajustes essenciais da câmera de produção e as decisões criativas dos operadores da câmera durante o fluxo de trabalho de produção.
    As informações transportadas por este pacote podem então ser usadas para recriar um sinal SDR On Air – derivado da camada principal de produção HDR – que combina perfeitamente com os sinais de saída SDR das câmeras de produção, além de garantir uma excelente qualidade para o mestre de produção HDR mestre.
    A apresentação também discutirá questões de qualidade de imagem que podem surgir ao usar diversas técnicas de conversão SDR / HDR durante a produção do programa. A Sony está fornecendo uma solução para esses “efeitos colaterais da produção”, com uma nova seleção de aparência de imagem aplicada, sob controle criativo, ao formato de produção HDR selecionado.

    Hugo Gaggioni, Chief Technology Officer – Sony Professional Solutions Americas

    Formado em Telecomunicações, Engenharia de Sistemas e Engenharia Eletrônica pela Universidade de Essex em Colchester, Inglaterra; Universidade da Pensilvânia e Universidade de Columbia, respectivamente. Gaggioni, na Sony desde 1988, possui várias patentes e foi autor de mais de 40 publicações técnicas nas áreas de compressão de vídeo, bancos de filtros digitais, dispositivos e sistemas HDTV e UHDTV. Antes de ingressar na Sony, ele trabalhou na RCA Corp. e Bell Communications Research. Com interesses de pesquisa que vão desde processamento de vídeo digital e imagem e teoria da informação até compressão de vídeo / áudio e processamento de sinal multidimensional, Gaggioni participou de mais de 15 conferências internacionais nas áreas de HDTV, UHDTV e sistemas de compressão de banda larga. Ele também deu inúmeras apresentações e cursos de tutorial sobre processamento de sinais e tecnologias avançadas de vídeo em eventos internacionais patrocinados pelas organizações SMPTE, IEEE, SET e Eurasip.

  • Jossi Fresco, Diretor Regional para América Latina da Verizon Media, apresenta detalhes sobre os novos e inovadores recursos da Verizon Media Platform que proporcionam experiências de vídeo digital personalizadas e de alta qualidade que ajudam você a chegar mais rapidamente ao mercado e a capturar audiências com segurança em escala. Jossi também vai analisar um estudo de caso do Super Bowl deste ano, que a Verizon Media transmitiu em UHD HDR – uma novidade do setor.

    Jossi Fresco Benaim, Chefe Regional de Vendas para América Latina – Verizon Media Platform

    Jossi Fresco Benaim atua como Chefe Regional de Vendas para América Latina, da Verizon Media Platform. Seu foco é promover relacionamentos comerciais de longo prazo com clientes na América Latina, promovendo os benefícios da plataforma de vídeo de ponta a ponta da Verizon, para oferecer experiências de mídia de qualidade aos consumidores em todos os dispositivos. Ele tem uma vasta experiência em tecnologias de vídeo digital, fluxos de trabalho de produção de mídia, implantações globais e design de software, com ênfase internacional em Israel, Europa, EUA e Reino Unido.

30 de Abril de 2020 - Quinta-Feira

Horário Palestra
14h
Painel

IP

  • Moderador: José Antônio S. Garcia, Conselho Deliberativo da SET / Coordenador do Grupo de IP

    Técnico em Eletrônica pela ETE em Sta. Rita do Sapucaí em 1975 e Engenheiro em Telecomunicações pela Universidade São Judas em 1982. Tem trabalhado em empresas de televisão desde 1975. Membro do Conselho Deliberativo da SET – Diretoria de Tecnologia, do Fórum SBTVD – Módulo Técnico, do Projeto UHD Brasil – Grupo de Distribuição e do Grupo de Estudos IP da SET – Coordenador.

  • Produção Distribuída: Otimização de recursos através de soluções Lawo

    Após o advento de soluções em IP e o amadurecimento dos padrões, cresceu quase que de forma imediata a demanda do mercado pelo conceito de produção remota e decentralizada o que reduz o custo e diminui o tempo de implementação das produções realizadas com tal solução.

    Pensando em empresas com infraestruturas instaladas em diferentes localizações, onde por determinada limitação de espaço e/ou investimento não é possível consumir os recursos de equipamento e professionais de produção de uma forma mais constante.

    O método que chamamos de Produção Distribuída pode auxiliar a otimizar a utilização dos recursos de forma a proporcionar ao usuário um retorno mais imediato do investimento realizado.

    Esse tipo de solução vai oferecer, a médio longo prazo, possível a utilização de recursos de equipamento de produção e professionais disponíveis localmente ou externamente a qualquer tempo e em qualquer localidade.

    Raphael Severo, Engenheiro Gerente de Projetos – Lawo AG

    Raphael Severo atualmente desempenha a função de Lawo Project Manager Engineer na Lawo AG, baseado na Alemanha. Entre outas atividades atua como “Design de soluções IP” junto aos clientes.

    Com experiência na área de mídia e infraestrutura, atuou nos últimos 13 anos no mercado brasileiro de broadcast tendo participado de como projeto líder em produção remota e transporte de sinais em IP.

    Em eventos de maior reputação como a Copa de Mundo de Futebol 2018, Olimpíadas 2016 do Rio e nos Rock in Rio 2016 ate 2020, Raphael serviu mais uma vez a engenheiro líder de sistema IP.

     

  • IP simplificado

    Fazer implementações de IP mais simples e fáceis, como SDI, expandirá significativamente a base de usuários atual.  Padrões abertos, juntamente com um sistema de controle flexível que permite a orquestração dinâmica, são essenciais para garantir uma adoção mais ampla do IP.

    Kim Francis, Especialista em aplicações – Redes e infraestrutura – Grass Valley

    Kim tem mais de 30 anos de experiência na indústria de mídia e broadcast. Ele faz parte da equipe de marketing de produtos da Grass Valley responsável pela promoção das linhas de produtos de rede e infraestrutura, com foco principal em Sistemas IP, incluindo soluções HDR e UHD.

    Antes da GV, Kim era gerente sênior de produtos para roteamento e infraestrutura na SAM (Snell Advanced Media), que foi posteriormente incorporada à Grass Valley em 2018.

04 de Maio de 2020 - Segunda-Feira

Horário Palestra
14h
Painel

Nuvem para a Indústria de M&E

  • Moderador: José Chaves Felippe de Oliveira , Membro do Conselho Deliberativo – SET

    Graduado em engenharia elétrica com enfoque em eletrônica e telecomunicações na UGF RJ, Pós graduado em Transmissão via Satélite e Processamento de sinais pela UNB DF e MBA em Gestão de Projetos pela FGV. Atua no mercado de Broadcast há 35 anos com passagem pela Rede Globo, TV Cultura, TV Record e Radio e Televisão Bandeirantes. Sólida experiência em atualização tecnológica de sistemas de produção e transmissão Broadcast. Atuação em eventos internacionais e nacionais para cobertura de esportes, jornalismo e entretenimento.  Membro do conselho da SET e do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital nos períodos de 2016 a 2019.

  • Adoção de nuvem e inovação com computação de borda. Transformação para o mercado de mídia?

    Com o crescimento do consumo e a adoção de serviços em nuvem, temos uma jornada para otimizar os recursos e prover a melhor experiência para os nossos clientes.

    Marco Feliziani, Gerente de Produtos de Infraestrutura e Cloud – Embratel

    Marco Feliziani tem mais de 15 anos de experiência em Tecnologia da Informação atuando em áreas operacionais e estratégicas, tendo passagem por grandes empresas da Tecnologia da Informação e é um entusiasta desse mercado. Atualmente integra o time de produtos de Infraestrutura e Cloud da Embratel tendo a responsabilidade pelo desenvolvimento dos produtos IaaS do portfólio de Soluções Digitais, além de atuar em projetos do grupo América Móvil na América Latina.
    Tem formação como Tecnólogo de Redes pelo Instituto Paulista de Estudo e Pesquisa, Pós-Graduado em Gestão de Projetos pelo ITA e Extensão em Gestão de Processos na PUC-SP.

  • Soluções desenvolvidas para workflows do on-prem para a cloud

    A importância da nuvem para os desafios de vídeo como solução alternativa de negócios, serviços de DR na nuvem e também soluções avançadas para aplicações para mídia e entretenimento suportando todos os tipos de serviços de processamento, contribuição e distribuição para OTT e Broadcast.

    Eliésio Silva Junior, Gerente de Vendas Brasil, Soluções de Vídeo – Harmonic

    Experiencia Profissional:
    Harmonic – Sales Manager / Atual
    SEAL – Sales Manager / 2 anos e 6 meses
    Tektronix – Country Manager. / 7 anos e 6 meses
    Globosat – Supervisor de Sistemas de TV / 17 anos
    Globo – Técnico de sistemas de TV / 3 anos
    Record – Técnico de Sistemas de TV / 2 anos

    Educação:
    Especialização Tecnológica em TV Digital, TV Sinais & Qualidade – INATEL,
    MBA 2012 em TV Digital & Novas Mídias – Universidade Federal de Niterói
    Pós-Graduação em Logística (Supplying/Distribution/Delivery Planning) – Fundação Getúlio Vargas
    MBA em Gestão Empresarial – Faculdade Veiga de Almeida
    Graduado em Eletrônica (Licenciatura) – FABES
    Programa de Educação Continuada – Radiodifusão Por Satélite – PUC
    Técnico em Telecomunicações – ETRR, Rio de Janeiro
    Técnico em Eletrônica – ETRR, Rio de Janeiro

Realização