• PT
  • EN

SET Tech Webinar: Embratel explica cuidados com o tráfego de rede

A terceira sessão do SET Tech Webinar aconteceu na tarde desta terça-feira, 19. O diretor de vendas da Embratel, Guilherme Saraiva, fez sua apresentação sobre Transporte e processamento de sinais: como construir uma arquitetura resiliente e segura em um mundo hiperconectado?, abordando assuntos como internet pública, SRT e segurança.

“O SDWAN, redes definidas por software, geralmente é aplicado em múltiplas saídas, procurando o melhor caminho, o caminho de maior confiabilidade para enviar sua comunicação”, explicou Saraiva.

O executivo da Embratel destaca a vantagem do SDWAN.

“A vantagem do SDWAN é ter rotas alternativas através de provedores distintos e acessos de redundância mais baratos por meio da internet pública”, afirmou.

Saraiva continuou sua apresentação falando dos enconders usados pela Embratel que trabalham com protocolos da tecnologia SRT, utilizada para transmitir vídeo.

“A tecnologia SRT tem seu código aberto, compartilhado e significa Transporte Confiável e Seguro. O tráfego é criptografado e permite recuperação de pacotes”, ressaltou.

Após abordar o SDWAN e o SRT, Saraiva abordou uma das principais preocupações das empresas hoje: a segurança de dados. Ele explicou como é o protocolo utilizado pela Embratel para ter maior controle de dados por meio Firewall, IDS e IPS.

“Quando entramos no mundo da internet, a segurança é uma preocupação. O firewall bloqueia o tráfego baseado em políticas, como protocolos, endereços IP, portas… e atualmente, o firewall vem casado com serviços de prevenção de intrusão [IPS] e detecção de intrusão [IDS] para identificar comportamentos maliciosos e barrar o tráfego destes dados”, concluiu.