• PT
  • EN

Claro prepara serviço de TV por assinatura com pacotes ditos alternativos

por Henrique Julião | Conteúdo Teletime

A Claro deve lançar nas próximas semanas um serviço de TV por assinatura com pacotes alternativos como aposta para “resgatar” o interesse de novos consumidores pelo serviço. A informação foi revelada nesta terça-feira, 15, durante o segundo dia do Painel Telebrasil 2020.

“Com todas as alterações que o cenário de televisão está sofrendo e sendo entretenimento uma coisa muito séria para nós, teremos diversas iniciativas para resgatar o interesse em TV fechada”, afirmou o presidente da Claro Brasil, José Félix. “Iremos lançar de imediato, em questão de semanas ou um pouco mais, um serviço novo de televisão no qual oferecemos pacotes alternativos para clientes que não têm acesso à televisão oferecida pela Claro”.

Detalhes sobre a abordagem não foram revelados, mas o anúncio ocorre menos de uma semana após a Anatel decidir que a oferta de canais lineares pela Internet não pode ser caracterizada como serviço de TV por assinatura. O processo foi provocado justamente pela Claro, que questionava a atuação direto ao consumidor de alguns canais pagos.

Há cerca de um mês, a Claro confirmou um projeto de equipamento totalmente dedicado ao streaming de canais over-the-top. O aparelho já havia sido homologado pela Anatel.

Em um período de doze meses até julho, a TV por assinatura brasileira perdeu 9,2% dos seus assinantes. Assim, o serviço encerrou o sétimo mês de 2020 com 15,1 milhões de clientes.